• A Biblioteca Pública do Estado da Bahia realiza a 6ª edição do projeto Primavera para Tod@s, com diversas atividades culturais para celebrar a chegada da estação das flores e o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. Confira a Programação!
  • A Biblioteca Pública do Estado da Bahia comemora em 13 de maio de 2014, 203 anos. Fundada em 13 de maio de 1811, é a primeira biblioteca pública do Brasil e a mais antiga da América Latina. Conheça a História!
  • Todas as quartas-feiras, a Biblioteca promove gratuitamente duas sessões de cinema, com o projeto "Filme na Biblioteca". Confira a programação!
  • Biblioteca é lugar de criança! Confira as oficinas do mês no Setor Infantil e traga a garotada para uma viagem pelo mundo do livro, com muita cultura e diversão!
  • Segunda e sexta-feira tem contação de história na Biblioteca. Traga a garotada para viajar no mundo da literatura! A entrada é gratuita.

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Dica Cultural: Semana do Audiovisual Baiano Contemporâneo

Clique para ampliar
De 21 a 28 de setembro acontece em Salvador a Semana do Audiovisual Baiano Contemporâneo, com uma programação que inclui debates, homenagens, encontros e a exibição de cerca de 100 filmes produzidos na Bahia.

A abertura oficial acontece neste domingo (21), às 16h no Complexo Cultural dos Barris com a exibição do Cinema Expandido – vídeo mapping com o filme “O bandido da luz vermelha” de Rogério Sganzerla, homenagem ao crítico de cinema João Carlos Sampaio. Também será homenageado o professor e crítico André Setaro com o lançamento da nova edição do seu livro “Panorama do Cinema Baiano”, além da abertura da exposição com os cartazes de todas as edições da Jornada Internacional de Cinema da Bahia, assinados pelo artista plástico Chico Liberato, na sala Pierre Verger.

Outros debates acontecem no período de 21 a 25 (segunda a quinta), com mesas às 17h e às 19h, na Sala Walter da Silveira (Barris), com a presença de produtores, cineastas, atores, técnicos, estudantes e aficionados por cinema, que irão discutir sobre a produção audiovisual na Bahia. A mostra de filmes “Encontro com o Cinema Baiano” acontece de 26 a 28 (sexta a domingo), em diversos horários, nas salas Walter da Silveira e Alexandre Robatto (Barris), além das salas do Circuito Saladearte: Cinema do Museu (Museu Geológico/Vitória) e Cine Vivo (Paseo/Itaigara). Os ingressos terão preços populares: R$ 4,00 (inteira) e R$ 2,00 (meia). Confira a programação completa.

A “Semana do Audiovisual Baiano Contemporâneo” é uma realização das secretarias estaduais de Cultura – através da Diretoria de Audiovisual (Dimas) da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB) e de Comunicação – através do Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (IRDEB) e da Regional Bahia e Sergipe do Ministério da Cultura, com apoio de várias instituições parceiras: Associação Baiana de Cinema e Vídeo (ABCV), Clube de Cinema da Bahia, Associação de Produtores e Cineastas, União de Cineclubes da Bahia, Instituto Roque Araújo, Universidade Estadual do Sudoeste (UESB), Universidade Federal da Bahia (UFBA) e Universidade Federal do Recôncavo (UFRB).

O quê: Semana do Audiovisual Baiano Contemporâneo
Quando: 21 a 28 de setembro
Onde: Complexo Cultural dos Barris, salas do Circuito Saladearte: Cinema do Museu (Museu Geológico/Vitória) e Cine Vivo (Paseo/Itaigara).
Quanto: R$ 4,00 (inteira) e R$ 2,00 (meia)

Dica Cultural: Salvador recebe o Curso Tecnologias Livres na Criação Artística

Clique para ampliar
Em outubro e novembro será realizado em Salvador o Curso Tecnologias Livres na Criação Artística (C.TLCA), que busca fomentar a liberdade e autonomia na produção artística mediada por tecnologias digitais através do uso de ferramentas de software e hardware livres e/ou baratas, de grande potencial. Além do curso, serão organizadas mostras públicas dedicadas à difusão e intercâmbio da produção artística de pessoas que trabalham com ferramentas livres, estratégias sociais autônomas, conhecimentos e discursos livres.

Voltado a artistas, técnicos, pesquisadores e estudantes que tenham potencial para desencadear processos criativos posteriores, o curso tem 64 horas-aula e será realizado em quatro módulos (Áudio, Imagem e Vídeo, Interfaces, Composição e Produção). A principal ferramenta explorada será o Pure Data (Pd) – um ambiente de programação em tempo real voltado para produção de áudio/música, vídeo, interfaces interativas para dança, teatro, performance, etc. Outras ferramentas a serem abordadas e utilizadas são o Processing, Arduino, Ardour e Audacity.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas através do blog ctlca.wordpress.com. O C.TLCA conta com apoio financeiro da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia através do Edital 21/2012 – Culturas Digitais, e com apoio institucional do Instituto de Humanidades, Artes e Ciências da Universidade Federal da Bahia, da Diretoria de Audiovisual da Fundação Cultural do Estado da Bahia e do Café da Walter.

O quê: Salvador recebe o Curso Tecnologias Livres na Criação Artística
Quando: 30 de setembro a 15 de novembro
Onde: Universidade Federal da Bahia (UFBA), Campus Ondina
Quanto: Gratuito
Mais informações: ctlca.wordpress.com

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Dica Cultural: Último fim de semana da peça "Ninguém falou que seria fácil" em Salvador

Clique para ampliar
A peça Ninguém falou que seria fácil, do grupo carioca Foguetes Maravilha realiza suas últimas apresentações em Salvador neste fim de semana. A peça, vencedora do Prêmio Shell de Teatro na categoria Melhor Texto, está em cartaz na Caixa Cultural Salvador, com sessões nas sexta (19), às 20h, no sábado (20), às 17h e às 20h, e no domingo (21), às 19h, com ingressos a R$ 8,00 inteira e R$ 4,00 meia. 

A comédia mistura o cotidiano e o inusitado em uma estrutura fragmentada que inclui filmes franceses dos anos 1970, dança contemporânea, dramas familiares, exercícios metalinguísticos e fábulas para crianças. O espetáculo estreou em 2011 no Rio de Janeiro, chamando a atenção da crítica. A direção é de Alex Cassal, e o texto e a co-direção são de Felipe Rocha. No elenco, Felipe Rocha, Renato Linhares e Stella Rabello/ Alice Ripoll (em revezamento). 

O quê: Último fim de semana da peça "Ninguém falou que seria fácil" em Salvador
Quando: 19 a 21 de setembro
Onde: Caixa Cultural Salvador, Rua Carlos Gomes, 57 – Centro
Quanto: R$ 8,00 inteira e R$ 4,00 meia (vendas na Caixa Cultural, somente nos dias de cada sessão)
Mais informações: 71 3421-4200 (Caixa Cultural) | foguetesmaravilha.wordpress

Dica Cultural: Abertas inscrições para o Mapa Musical da Bahia 2014

Clique para ampliar
Realizado pela Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), o Mapa Musical da Bahia abre sua 3ª chamada, com inscrições até 20 de outubro. Assim, o projeto convoca novos interessados em integrar esta rede, que objetiva mapear, reconhecer e difundir a diversidade da produção musical do estado, além da atualização de dados de artistas já inscritos, compondo um panorama dos cenários musicais existentes nos diversos territórios de identidade baianos. Para participar, o candidato deve ser artista da música atuante no estado e produzir trabalho autoral.

Iniciado em 2012, o Mapa Musical da Bahia mantém uma plataforma de difusão da produção musical autoral da Bahia, que pode ser usada como fonte de informações para pesquisadores, produtores, curadores, críticos e público. No ar desde agosto de 2013, o Portal Mapa Musical da Bahia apresenta uma rádio online com obras que foram indicadas por uma curadoria especializada nas chamadas realizadas em 2012 e 2013. No total, foram 518 compositores e músicos inscritos e 995 obras cadastradas em 2012. Já em 2013, na segunda chamada, foram mais 198 inscritos e 372 obras. Ou seja: em dois anos de Mapa Musical, foram mapeados 716 artistas e 1367 obras musicais da Bahia.

Os desdobramentos do Mapa Musical envolvem ainda uma parceria com a Rádio Educadora FM (107,5), que veicula semanalmente programas apresentando artistas cadastrados no projeto. Está em andamento também a produção de uma coletânea de cinco discos, com previsão de lançamento ainda para este ano.

Além disso, o projeto Mapa Musical da Bahia 2014/2015 foi contemplado pelo 1º Edital de Fortalecimento do Sistema Nacional de Cultura (SNC), realizado pelo Ministério da Cultura (MinC), por meio da Secretaria de Articulação Institucional (SAI), no eixo “Fomento à Produção e Circulação de Bens Culturais”. A seleção vai repassar R$ 2,5 milhões do Fundo Nacional de Cultura (FNC), que serão somados a uma contrapartida de R$ 625 mil do Governo da Bahia, para um investimento total de R$ 3,125 milhões na difusão da diversidade da produção musical da Bahia, com a realização de 108 shows nos 27 territórios de identidade baianos, dois grandes festivais e cinco oficinas de qualificação, além da reformulação do portal, com novas ferramentas e melhor navegação; criação de aplicativo para smartphones e tablets; e produção de mais coletâneas.

COMO SE INSCREVER – Para participar do cadastro, os músicos e compositores devem apresentar o seu trabalho através de ao menos um e no máximo três registros de áudio, com músicas que podem ser composições autorais, interpretadas pelo próprio autor ou por outros músicos/cantores, e obras de domínio público com arranjo musical autoral. A participação é aberta a pessoas físicas, exclusivamente para autores das obras a serem apresentadas.

As inscrições podem ser feitas através de sistema online disponível no hotsite Mapa Musical, ou pelos Correios, com envio do Formulário de Inscrição, documento disponível para download na mesma página, acompanhado de um CD com as músicas, através de serviço Sedex ou Carta Registrada, com Aviso de Recebimento (AR).

O quê: Abertas inscrições para o Mapa Musical da Bahia 2014
Quando: até 20 de outubro
Quanto: Gratuito
Mais informação: fundacaocultural.ba.gov.br | (71) 3324-8524 | 3324-8526 (seg a sex, 14h às 18h) | musica.funceb@funceb.ba.gov.br

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Fundação Pedro Calmon/SecultBA abre vaga para estágio na Biblioteca

Clique para ampliar
Pré-requisitos:

- Ser estudante do curso de Comunicação Social com ênfase em Publicidade e Propaganda a partir do 3º semestre;
- Dinâmico, e proativo;
- Afinidade por assuntos culturais;
- Domínio das ferramentas Corel Draw e Photoshop;
- Disponibilidade no turno da manhã ou tarde.

Do Estágio:

- Bolsa-auxílio (R$ 400,00) + transporte;
- Carga horária de 20 horas semanais.
Interessados devem mandar currículo com portfolio até 24/09 para: viva.bpeb@gmail.com
Informações: (71) 3117-6058/6084

Projeto Primavera para Tod@s promove ensaio aberto do espetáculo Palhaços

Foto: Manuela Hernandez | Divulgação
O projeto Primavera para Tod@s da Biblioteca Pública do Estado da Bahia promove no dia 26 de setembro, às 15h, um ensaio aberto do espetáculo Palhaços no Setor Infantil da instituição. 

Este espetáculo faz o encontro entre um pouco do imaginário de Caymmi com a leve alegria do palhaço. Os palhaços brincam no palco de ser João Valentão, Marina, pescadores, suas companheiras, marisqueiras, as lavadeiras do Abaeté e as sereias do mar. Não falta nem o próprio Caymmi como personagem citado. Permeado pela trilha sonora de Dorival Caymmi o show nos embala em ondas de riso da Bahia imaginada pelo mestre. Como ponto culminante o último quadro homenageia a grande tradição das baianas do acarajé.

O espetáculo foi criado no Projeto Perspectivas em Movimento – a reinvenção da diferença, e contou com a direção de Demian Reis. O elenco, de aproximadamente 20 pessoas, foi preparado na arte do palhaço por João Lima.

O Primavera para Tod@s está em sua 6ª edição, e promove durante o mês de setembro uma série de ações culturais em celebração à chegada da estação das flores e o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência (21). A programação do projeto inclui bate-papo, cinema com debate, exposição fotográfica, apresentações artísticas e oficinas, além da 4ª Edição do Festival Tocante Primavera, organizado pelos frequentadores e funcionários do Setor Braille


O quê: Projeto Primavera para Tod@s promove ensaio aberto do espetáculo Palhaços
Quando: 26 de setembro, às 15h
Onde: Setor Infantil da Biblioteca Pública do Estado da Bahia, térreo
Quanto: Gratuito

Dica Cultural: Inscrições abertas para o Seminário Nacional Mulher e Cultura

Clique para ampliar
De 28 a 31 de outubro, a capital baiana, Salvador, receberá agentes de todo o Brasil para o Seminário Nacional Mulher e Cultura (SNMC), no qual debaterão as ações e os espaços de visibilidade das mulheres em alguns segmentos da Cultura. Realização da Fundação Pedro Calmon/Secretaria de Cultura do Estado, em parceria do Ministério da Cultura (MinC) e a Universidade Federal da Bahia (UFBA), o Seminário trará mesas de debate, apresentações culturais e rodas de diálogo, tendo como principal objetivo fortalecer as ações culturais realizadas por mulheres ou sobre mulheres, além de promover reflexões e debates sobre a temática. O Seminário será aberto no dia 28 de outubro (terça-feira), no Quadrilátero da Biblioteca Pública do Estado da Bahia (Barris), a partir das 19h e as inscrições (gratuitas) começam nesta segunda (15), por internet.

O Seminário será um espaço de convivência e troca de experiências acadêmicas, artísticas e culturais, a partir da interação entre diferentes agentes femininos de cultura do Brasil, tendo como finalidade o fortalecimento de uma rede de articulação feminina em todo país. É voltado para mulheres que apresentem atuação na temática cultural e perspectivas enquanto multiplicadoras, que tenham militância no segmento ou desenvolvam pesquisa sobre o tema central do evento e os transversais. A inscrição é gratuita, mas as vagas são limitadas e será feita – EXCLUSIVAMENTE – pela internet, no hotsite do evento (fpc.ba.gov.br/mulherecultura), no período de 15 a 22 de setembro.  Para garantir a presença de mulheres de todo o país, a produção do evento custeará passagens e hospedagens, conforme ​seleção  da Comissão de Inscrição do Seminário. 

As Mesas de Debates terão como temas: “Mulher: Tradição e Contemporaneidade”, “Mulheres da Cultura”, “Mulher, Cultura e Comunicação”, “Mulheres e Conhecimentos Tradicionais” e “Cultura e Contemporaneidade”, de 29 a 31 de outubro. Neste último dia, serão realizadas ainda as Rodas de Diálogos, com temas que ampliam as discussões centrais. Dentre as convidadas, estão a yalorixá, Beatriz Moreira Costa, a Mãe Beata de Yemanjá (RJ), a indígena do povo Omágua/Kambeba, mestra e escritora, Marcia Kambeba (PA), a jornalista e diretora do Coletivo Intervozes, Beatriz Barbosa (BSB), a doutora em Literatura Comparada da UERJ, Fernanda Felisberto e a integrante da Brigada de AudioVisual do Coletivo Nacional de Cultura do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Ana Chã (SP).

Além dos debates, o Seminário Nacional Mulher e Cultura contará também com apresentações culturais femininas – música, teatro, recitais -, espaços de leitura, com a Biblioteca Móvel, ao longo da programação, que será encerrada com show na Praça Tereza Batista – Pelourinho. Paralela às atividades, acontecerá também, nos dias 28 e 29, a Mostra de Filmes “Mulheres, Cultura e Contemporaneidade”, na Sala Walter da Silveira, gratuitamente.

O quê: Inscrições abertas para o Seminário Nacional Mulher & Cultura
Quando: 28 a 31 de outubro (inscrições até 22 de setembro - fpc.ba.gov.br/mulherecultura)
Onde: Quadrilátero da Biblioteca Pública do Estado da Bahia, às 19h
Quanto: Gratuito
Mais informações: fpc.ba.gov.br/mulherecultura
Fonte: fpc.ba.gov.br